sexta-feira, 26 de novembro de 2010

AO MEU LADO

a alegria desorganiza
minha calma
a alma esbarra num muro
que pensava desabado
teu corpo ao meu lado
dor de difícil acesso
doce regresso
à primavera estagnada

Nenhum comentário: