terça-feira, 16 de novembro de 2010

NEM TODO O CORAÇÃO

se o coração parar de bater
não tem importância
as palavras vão sobreviver
a mão que se move
sobre a folha imóvel
mesmo que não gere palavras
o simples gesto fará algo mais
importante que o fim

Nenhum comentário: