terça-feira, 10 de março de 2015

A FELICIDADE DA TARDE

a tarde simples
sentou ao lado de uma árvore
mostrou-se calma
porque era o único modo de sentar-se ao lado de uma árvore
as duas sabiam disso
o pensamento da árvore parece verde
mas é tão branco quanto o pensamento da tarde
ambas querem fugir
fingem uma felicidade
que parece caber na foto


Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...