quinta-feira, 28 de junho de 2012

POEMA ENTALADO

o poema entalado
na goela do silêncio
com água
tentam empurrá-lo
mas ele só entende
de incêndios

Nenhum comentário: