sexta-feira, 1 de junho de 2012

TROCA DE OLHARES

deposito meus olhos sobre a mesa
recebo um troco maior
guardo a paisagem que sobra
no bolso esquerdo
saco outros olhos
do bolso direito
está sujo de dinheiro
suficiente para a passagem
aonde vou não preciso de olhares
espero que aceitem
minhas mãos como pagamento
no bolso da camisa
guardo todos os acenos

Nenhum comentário: