quinta-feira, 14 de junho de 2012

SOTERRADO

toda tarde
chove embaixo
da mesma árvore
todo abrigo
sabe o que é preciso
mesmo soterrado
a terra não sai
do meu lado

Nenhum comentário: