quarta-feira, 18 de abril de 2012

CAMINHAR É SONHAR

onde deveria ser uma escada
mostrou-se possível uma alavanca
e a paisagem estragada
entre o primeiro passo e o último
acompanhou o movimento
como se o corpo e o momento
ocupassem o mesmo espaço
quem se mostra aos pedaços
sabe que o caminho é sonho
de uma cabeça esmagada

Nenhum comentário: