segunda-feira, 29 de abril de 2013

PAISAGEM PLASTIFICADA

inverno
a parte da paisagem que não se esconde
plastifica-se
eu guardo meus gritos
num local onde não possa alcançá-los
molho por dentro
tudo que acendo
espero minha boca jorrar
palavras
não entendem o silêncio
vestem-se de poesia
como se soubessem

Nenhum comentário: