sexta-feira, 12 de abril de 2013

UM SER HUMANO

um ser humano
retalhou o corpo de uma menina
usou seu pênis
um ser humano
com deus pendurado no pescoço
roeu a dor da menina até o osso
um ser humano
usou as cordas vocais
para amarrar os gritos da menina
usou suas tripas
para amarrar os braços da menina
um ser humano
escondeu-se no escuro
pensando não ser observado
mas está aqui neste poema
rodeado de seres humanos
por todos os lados

Nenhum comentário: