terça-feira, 26 de abril de 2011

BURACO NO MEIO

minha sombra
com um buraco no meio
o espaço da alma que não veio
a alma se foi enquanto eu dormia
a sombra sem alma durante o dia
por isso esse buraco no meio da sombra
não me assombra
esse buraco no meio
não disse a que veio
se era da alma por que tão feio
por que não de lado e não no meio
minha sombra
com um buraco no meio
o nada que jorra forma um veio
quem pensa ser água agarre esse seio

Nenhum comentário: