segunda-feira, 11 de abril de 2011

COISAS QUE GOSTO DE ENCONTRAR

gosto de encontrar coisas
coisas perdidas
e coisas que ainda vão se perder
esse poema não é uma coisa perdida
mas um dia vai ser
então quando reencontrá-lo
vou conseguir terminá-lo

Nenhum comentário:

RUA BENFICA

  o mais antigo numa casa antiga é o silêncio divide o corredor com o tempo ambos trôpegos quase abraçados espalham grossas pa...