sexta-feira, 15 de abril de 2011

GLAUCO MATTOSO

#4 MANIFESTO COPROFÁGICO [1977]

"Mierda que te quiero mierda" (García LOCA)

a merda na latrina
daquele bar da esquina
tem cheiro de batina
de botina
de rotina
de oficina gasolina sabatina
e serpentina

bosta com vitamina
cocô com cocaína
merda de mordomia de propina
de hemorróida e purpurina

merda de gente fina
da rua francisca miquelina
da vila leopoldina
de teresina de santa catarina
e da argentina

merda comunitária cosmopolita e clandestina
merda métrica palindrômica alexandrina

ó merda com teu mar de urina
com teu céu de fedentina
tu és meu continente terra fecunda onde germina
minha independência minha indisciplina

és avessa foste cagada da vagina
da américa latina

http://glaucomattoso.sites.uol.com.br/quem.htm

Nenhum comentário: