terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

LABAREDAS

como sempre a labareda que apronto
bebo mares bebo rios
e nunca aplaco a minha sina
de ser solto

Nenhum comentário: