quarta-feira, 7 de março de 2012

A CAMISA DO POETA

ninguém percebe
o poema derramado na camisa do poeta
o poema assume a cor da camisa e se perde
sente o coração do poeta mais perto
o poeta sabe que essa mancha não vai sair com água
expele suor e lágrima
esfrega palavras esfrega

Nenhum comentário: