terça-feira, 6 de março de 2012

TRADUÇÃO

a poesia traduziu meus olhos aos abrigos
e clareou o que me esperava escuro
e onde me pensei perdido fui esquecido
a poesia abrigou o que traduzo com os olhos
e onde me pensei escuro fui perdido
e traduzi momentos como ritos

Nenhum comentário: