quinta-feira, 6 de junho de 2013

REBORDADO

rebordo imerso
em conforto
linha que escapa
dos dedos
agulhas apontam
caminhos
largo esse tecido
em que me escapo
escalo o fim
entre mim e o acaso

Nenhum comentário: