quinta-feira, 31 de outubro de 2013

ESPAÇO IMAGINÁRIO

tão inútil
quanto um peixe no aquário
que conversa
com seu rio imaginário
eu atravesso
o espaço que me permitem
e me imagino
conversando com meu avesso

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...