terça-feira, 29 de outubro de 2013

POR ONDE A POESIA PASSA

não há
outro lugar
é por aqui
por onde passa a poesia
passam os teus olhos
teus ouvidos
sem perceber o perfume
carregando o tempo
nas costas
da luz

Nenhum comentário:

RUA BENFICA

  o mais antigo numa casa antiga é o silêncio divide o corredor com o tempo ambos trôpegos quase abraçados espalham grossas pa...