sexta-feira, 11 de outubro de 2013

MIGALHAS

olho através de mim
e não me enxergo
devo ter partido para sempre
ou faço parte de tudo
talvez meu olho
não caiba no mundo
ou o mundo
me olhe atravessado
a vida é longe
não consigo alcançá-la
no meu bolso
migalhas

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...