sexta-feira, 18 de outubro de 2013

MERECIMENTO

passei o dia mal ontem
isso não deveria estar aqui
o poema não merece isso
nem eu mereço
quando o poema está mal
ele não me visita
ele sabe que não mereço
nem ele merece

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...