sexta-feira, 4 de abril de 2014

O AMOR ENTUPIDO

meu amor está entupido
não há o que fazer
projetei um fio de delírio
a partir do sonho
tentando alcançar o outro lado
debalde
agora sustento essas tripas
retas no ar seguram pipas


Nenhum comentário:

BEIRA DO LUGAR

vou aonde me cabe onde me sobra aonde me cobra estar por fora vou aonde me acende onde me entende onde me aguarda estar ausente vou aonde me...