quarta-feira, 18 de maio de 2011

EU ME PUNO

pela pele que curti
pelo foco que causei
pelo poro que senti
pelos mares que ousei
eu me puno
ao me tornar imune
ao me explodir em lumes
ao me fechar em gumes
ao mergulhar perfumes
eu me puno
por tudo que não causei

Um comentário:

Unknown disse...

que lindo!!
*-*
é vc que escreveu?