segunda-feira, 6 de junho de 2011

BANDEIRA

tentei várias vezes
e o poema não moveu as folhas
o vento conseguiu mais fácil
o vento tem mais poder que o poema
mas quando não escrevo não consigo respirar
e mesmo quando o vento para
o poema continua me tremulando na tarde

Nenhum comentário: