quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

DIA NOITE

o sol desenrola seu novelo de luz
até onde o horizonte alcança
depois disso
a luz cansada
começa a estirar a língua
da escuridão
até alcançar o outro lado

Nenhum comentário: