quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

PAISAGEM AO FUNDO

a angústia do osso sem a carne
algo parecido com a vida
cobre a passagem
lugar de chegada sem volta
inútil olhar se não há paisagem
não há como parar ou seguir
os sentimentos ficaram
sem saber aonde ir

Nenhum comentário: