quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

ENGARRAFAMENTOS

o sangue parou de correr
nas minhas veias
mas já enfrentei engarrafamentos
piores do que esse
quando a minha alma
parou de correr entre as flores
ou quando o vendaval
não afagou minhas dores
água parada
ou sangue parado
não faz diferença
quando só se tem
a palavra como referência

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...