segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

SAL DO MEU OLHO

a chuva de domingo
retirou o sal do meu olho
e as pegadas que deixei
entre as perdas
colinas estragadas pelo sonho
carregadas de dunas
parecidas comigo
mais salgadas
mais brancas
mais longínquas

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...