quinta-feira, 28 de julho de 2011

CHUVA SEM VENTO

os arranhões
no vidro da tarde
são verdes
vistos mais de perto
são a chuva

Nenhum comentário:

AQUELES DIAS DE DESESPERO

  tem dias que bate um desespero uma vontade de arrancar os cabelos até os pentelhos vontade de correr nua pelas ruas ampliar o co...