sexta-feira, 22 de julho de 2011

A POESIA É ASSIM

a poesia é assim
parece que não tem fim
parece que não tem meio
que justifique o fim
a poesia é assim
parece que vem de mim
nem sabe de onde veio
nem sabe de onde vim
a poesia é assim
parece que não parece
parece que não perece
quando começa é o fim

Nenhum comentário: