segunda-feira, 25 de julho de 2011

POÇO RASO

não te dei sorrisos
para que eles voltassem
é raso o poço que se cava
para encontrar poesia
é raso o poço
em que me encontram
mino algo parecido
quando confundes sorrisos com palavras
esse não é o maior problema
maior é cavar
além do permitido

Nenhum comentário:

AQUELES DIAS DE DESESPERO

  tem dias que bate um desespero uma vontade de arrancar os cabelos até os pentelhos vontade de correr nua pelas ruas ampliar o co...