segunda-feira, 4 de julho de 2011

PARADO

meu olho aqui
minha cabeça acolá
minha cabeça não quer pensar o que vê
meu olho não quer pensar
mover a cabeça sem o olho
olhar sem mover a cabeça
mostrar-se mais que a paisagem
ser mais que o pensamento
eu não deveria estar aqui
mas o mundo me move
como a qualquer outro lugar

Nenhum comentário: