terça-feira, 12 de novembro de 2013

BRAS/ILHA

muito cimento
poucas sementes
muito espaço
pouco abraço
muitas retas
poucas metas
muito estio
muito vazio
poucos ventos
pouco lentos
muitas quadras
poucos quadros
muitas curvas
poucas luvas
pouca cruz
pouca luz
muita terra
pouco mar
muito incêndio
muito silêncio

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...