quinta-feira, 21 de novembro de 2013

PROCLAMAÇÃO

proclamo-me ainda pendente
dependo do que clamam
do que chamam
ou do acidente
proclamo-me ainda pedante
sou maior do que sou
não caibo no mundo
minha vida um segundo
proclamo-me ainda pedinte
quero pouco quero tudo
até o dia seguinte
proclamo-me livre
posso ficar absorto
ou posso correr solto
até atingir às grades

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...