sexta-feira, 22 de novembro de 2013

VISÃO NOTURNA DO PÁTIO AO LADO

mais inútil
que um homem num hospício
é uma luz no hospício
pensar no escuro como parte da lucidez
lembra um sol guardado no armário
e a chave perdida do armário
que foi escondida sob a língua
junto com o comprimido
inúteis homens se amontoam
no pátio ao lado
abraçam o vazio
e sentem dois corações pulsando

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...