quarta-feira, 6 de novembro de 2013

POR DENTRO DO MUNDO

alguns não entendem
o mundo por dentro
preferem caminhar pelas ruas
à procura de flores no asfalto
encontram corpos abandonados
aparentemente vivos
porque estendem as mãos
solicitando respostas
no entanto o tempo
só pronuncia perguntas
não há outras palavras
para quem só mastiga o mundo

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...