segunda-feira, 5 de outubro de 2009

água


a poesia pronta
mas eu não vou chorar
porém a lágrima é um rio autônomo
cujo leito natural é o rosto
esse rio deságua no olhar do outro
pode ser plano
pode ser oceano

Nenhum comentário: