quinta-feira, 17 de novembro de 2011

FEBRE

a febre sobe de elevador
no meu corpo parece escada
o calor desaba um rio
em que eu pensava
ser a parte mais clara

Nenhum comentário: