segunda-feira, 7 de novembro de 2011

MELHORES DEPÓSITOS

não guardamos pessoas nos livros
guardamos em armários
calendários hospícios asilos
hospitais catacumbas
guardamos palavras nos livros
para mencionar a lembrança de alguém
usamos palavras
as pessoas incham quando morrem
depois explodem e fragmentam-se em ossos
palavras não incham só explodem
e os seus fragmentos não são de ossos

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...