quarta-feira, 23 de novembro de 2011

PARASITA

o sangue retirado
da veia do poeta
enche de palavras a seringa

Nenhum comentário: