segunda-feira, 7 de novembro de 2011

RESPIRAÇÃO

estou cansado de respirar
aliás estou cansado do ar
esse ar assombroso que não me abandona
já reduzi os espaços
retirei os pulmões a narina
esse ar me circula
como se fosse minha sina
infla meus movimentos
infla minhas palavras
são de ar essas palavras
que parecem água

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...