terça-feira, 9 de agosto de 2011

REPRESENTAÇÕES

meu rosto representa
exatamente
o que não sou
digo sempre
a segunda coisa
que me vem à mente
a primeira coisa
dispenso pensar
tudo o que eu digo
ainda não é tudo
do que sobra
falta o meu empenho
apenas sopro
a saia do silêncio

Nenhum comentário: