terça-feira, 9 de agosto de 2011

A VIDA SOB A PELE

a vida agulha sob a pele
inocula a morte lenta
mente a morte que não mente
queremos prolongar a dose
até onde a pele não se toque
a morte é a vida quando mente
a morte á a vida sem a gente

Nenhum comentário:

AQUELES DIAS DE DESESPERO

  tem dias que bate um desespero uma vontade de arrancar os cabelos até os pentelhos vontade de correr nua pelas ruas ampliar o co...