sexta-feira, 30 de agosto de 2013

FESTA


então é preciso dançar
posicionar o corpo de maneira que
tudo se alimente
falar as coisas que não estão presas
prender o que ficou
entre a altura e a varanda
mostrar-se humano
esconder as asas sob o copo
falar o idioma
de quem ainda não aprendeu a falar

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...