quinta-feira, 4 de julho de 2013

INDEPENDENTE DA FELICIDADE

não me importo
com a cor do automóvel que me atropele
ou que me leve
para onde eu queira chegar
ou para onde queiram me levar
não me importo
como a cor dos olhos que me olham
ou que se fecham
para não me ver passar
não me importo
se alguns querem a felicidade
em algum momento
sei que alguém vai conseguir
aparentemente é somente isso
que almejam
a tal felicidade
esquecem que nem sempre
o corpo obedece ao que desejam
e expulsam a alma
por qualquer um desses buracos
que carregamos
e utilizamos para expelir
secreções emoções idéias
independentes de sermos felizes
ou não

Nenhum comentário: