quinta-feira, 11 de julho de 2013

UM LUGAR

procuro um lugar
onde o sol não bata
quando o carro fizer a curva
que a chuva não me encontre
quando abrirem-se as fendas
procuro um lugar
onde eu possa me deixar
sem que eu mesmo me encontre
e fique por lá escondido
para sempre
ser visto
como algo maior que o lugar
que encontrou para ficar

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...