sexta-feira, 19 de julho de 2013

O DIA EM QUE A CASA DESABOU


a casa na beira do rio
o barro brigando com a unha e a água
o barro na boca e na boca do rio
o desmaio da casa
o banho de barro e de rio
a mudança
o novo bairro
a casa nova ainda mais apertada
a unha no barro
o rio longe

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...