quarta-feira, 17 de julho de 2013

PELO SUBMERSO

sobre o polo
empalho a praia
disseco a água
com a calha
formada pela fala
formo artérias
externas
usando idéias
ao couro raro
do incêndio
costuro silêncios

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...