sexta-feira, 23 de setembro de 2011

O IDIOMA DAS ÁRVORES

as árvores não calam
por isso permanecem belas
falam o idioma das esferas
mesmo quando estão quadradas
falam o idioma das estrelas
mesmo quando estão apagadas
as árvores não calam
por isso permanecem
penduradas no dia
falam o idioma da poesia

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...