segunda-feira, 12 de setembro de 2011

SEMPRE SOZINHO

quem escreve
sempre está sozinho
palavras não são boa companhia
surgem pra quem vive sozinho
o que as palavras formam
não parece com agora
mas com o tempo
mais se parecem com o tempo
quem escreve
nunca está sozinho
quando se afasta das palavras
e se aproxima do que elas significam
a palavra usa o poeta
pra se esconder lá fora

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...