sexta-feira, 30 de setembro de 2011

PAZ DO VULCÃO

o mastro da bandeira
enfiado no vulcão
todas as guerras juntas
não formam uma margem
o rio que sobra
não comporta o vulcão
recebe o calor e evapora
nem tudo que evapora está em paz
nem tudo que apavora
não tem paz

Nenhum comentário: